Rua Flávio Fongaro, 126 - Vila Marlene
São Bernardo do Campo - SP

(11) 4332-6953
Batismo

A celebração do batismo acontece sempre aos domingos na Missa das 10h na Igreja Nossa Senhora de Fátima e na Capela Imaculada Conceição. Para Celebração do Batismo se exige o Curso de Preparação para Pais e Padrinhos.

Nossa Senhora de Fátima:
O curso acontece no 1º sábado de cada mês às 16h e na Capela Imaculada Conceição no 3º sábado de cada mês às 14h

Capela Imaculada Conceição:
O curso acontece no 3º. Sábado do mês: 14h30 às 16h30

O primeiro dos sacramentos o próprio Jesus instituiu o Batismo, segundo Mateus, juntamente com seu “mandato missionário” no Dia da Ascensão. Desde os primeiros dias do cristianismo, o batismo foi o passaporte para entrar na comunidade cristã; é um ato de iniciação. Jesus permitiu que João Batista o batizasse e assim iniciou sua missão. O batismo é a porta de entrada na Igreja, necessário para a salvação, pelo menos em desejo, e, também, para receber validamente os outros sacramentos. A graça batismal é uma realidade rica que produz o nascimento para a Vida Nova, pelo qual o homem se torna filho adotivo do Pai, membro de Cristo, herdeiro do Reino de Deus, templo do Espírito Santo. O Batismo incorpora o batizado à Igreja e redime do pecado original e de todos os pecados pessoais.

Preparação para receber o batismo

Os pais têm obrigação de cuidar que as crianças sejam batizadas logo nas primeiras semanas de vida. Toda comunidade deve oferecer uma oportunidade aos pais de preparação para o batismo de seus filhos, levando-se em conta a necessidade e as condições dos mesmos. A preparação deve ser entendida como um conjunto de iniciativas que promovam pais, padrinhos e batizandos adultos, não só com doutrinação, mas também com a inserção na vida comunitária. A Igreja diz que por ser o batismo um sacramento que incorpora o batizando à comunidade, o ideal é que tanto a preparação quanto a celebração sejam feitos na comunidade onde os pais ou batizandos adultos moram ou freqüentam habitualmente. A comunidade, e todos aqueles envolvidos no trabalho de evangelização, tem como função tornar os encontros e os aprendizados participativos, fraternos e atualizados, que levam os participantes a uma comunhão pessoal com Jesus. É importante usar a sensibilidade e adequar o conteúdo aos participantes. Antes de qualquer coisa, é preciso que a comunidade mostre através de gestos concretos a ação de Deus que permita vivenciar em sua própria vida e na comunidade esse amor. Crianças com até 7 anos de idade não precisam de preparação, mas crianças maiores, adolescentes e adultos devem ser inseridos na comunidade para que aprendam a importância dos sacramentos e vivenciem Deus em seu coração e em sua vida.

A importância dos padrinhos

Os padrinhos tem como papel levar o afilhado à luz, encaminhá-lo na estrada de Jesus e mostrá-lo o valor da fé, do amor e da caridade. Comumente é convidado um casal, mas é possível que seja somente um padrinho ou uma madrinha. O padrinho que aceitar a tarefa de encaminhar religiosamente o afilhado deve ter para si sua importância neste trabalho e deve fazê-lo de livre escolha. A Igreja pede que o padrinho escolhido tenha completado 16 anos de idade, seja católico, crismado, já tenha feito a primeira comunhão, participe da comunidade e não seja pai ou mãe do batizando.

Como é a celebração

O batismo deve acontecer em uma missa solene e festiva, é mais um filho que está nos braços de Deus. Todos devem estar cientes da importância e do momento feliz ao estar recebendo este sacramento. Em casos de doença, a Igreja permite que o batismo seja realizado na casa ou no hospital da criança. Dá-se preferência também que o sacramento seja celebrado aos domingos, o Dia do Senhor. Quando batizados ainda criança, devem ser encaminhados para seguir a primeira comunhão e a crisma. Quando adultos, devem ser preparados e receber de uma só vez os sacramentos de iniciação (batismo, crisma e eucaristia). Os pais têm direito a uma certidão que comprove o batismo.

Imprimir